www.cnm.org.br |

(61) 2101-6000

quinta, 26 de abril de 2018

Equilibrar as contas e manter o padrão de qualidade, prefeito de Osório fala de seus desafios

Ag CNMEquilibrar as contas e manter o padrão de qualidade dos serviços públicos é um dos desafios do prefeito de Osório (RS), Eduardo Aluísio Cardoso Abrahão. Ele contou que a cidade alcançou um nível de qualidade nas áreas de saúde, educação, assistência social, desenvolvimento turístico e econômico, infraestrutura e até na segurança, que não é de competência municipal. “Nossa preocupação hoje é manter isso, justamente pela queda e pela falta de recursos”, disse o gestor.

Acompanhado do engenheiro e servidor municipal Cristiano Camargo, o prefeito esteve na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM) na manhã desta quinta-feira, 26 de abril. O gestor aproveitou estada na capital federal para conferir a atuação da CNM e para fazer a carteirinha de prefeito, que facilita o acesso ao Congresso Nacional e aos ministérios. Na ocasião, o prefeito contou que seu Município perdeu muito por questões individualistas e pela crise econômica que afetou a arrecadação.

Abrahão falou que sempre participa das pesquisas promovidas pela CNM e parabenizou o trabalha da entidade nos assuntos comuns dos governos locais, como previdência e impacto do piso salarial dos professores. “São políticas de cidades e não de quem está no governo no momento, e a CNM tem demostrado um interesse muito grande de encaminhar soluções e alternativas”, destacou o municipalista. Nesse sentido, ele mencionou a problemática das obras inacabadas e abandonadas, com as Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs) e as creches do Proinfância.

O prefeito se inscreveu para a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, de 21 a 24 de maio, durante sua visita da CNM. Para ele, a participação é muito importante e promove resultados em pequeno, médio e longo prazo. Ele sustenta sua afirmação nos resultados atuais de conquistas do movimento municipalista, inclusive de aumento do Fundo de Participação do Municípios (FPM).

Confira a entrevista com o prefeito: